Jovem morre após explosão em baile funk clandestino na Rocinha

Uma jovem de 20 anos identificada como Carolina Gonçalves Oliveira morreu neste domingo, 6, após ter mais de 80% do corpo queimado em uma explosão em um baile funk clandestino na favela da Rocinha, Zona Sul do Rio de Janeiro. A hipótese inicial é de que ela teria sido ferida porque estava perto de uma caixa com frascos de lança perfume que pegou fogo e explodiu. A jovem chegou a ser encaminhada para o Hospital Pedro II e passou cinco dias internada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo dela foi enterrado nesta segunda. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o registro da morte de Carolina foi feito na 36ª DP do bairro de Santa Cruz, onde ela estava internada, mas o caso será encaminhado para investigação na 11ª DP da Rocinha. “Os agentes vão apurar as circunstâncias em que ocorreu a explosão e a responsabilização do fato”, diz trecho da nota da polícia.

Deixe uma resposta