Sobrevivente de ultramaratona chinesa foi salvo por pastor em caverna

Apenas um dos seis corredores que lideravam a maratona sobreviveu. Ele foi encontrado inconsciente por um pastor, que o resgatou e deu ao atleta um edredom. Equipe de resgate no local onde maratonista morreram na China, em 22 de maio de 2021
Cnsphoto via Reuters
Zhang Xiaotao, um corredor de longa distância, estava entre os primeiros colocados da ultramaratona da China na qual 21 pessoas morreram de hipotermia depois de ficarem encharcadas por uma chuva congelante e serem atingidas por vendavais em uma trilha na montanha.
Entre os seis corredores que estavam na dianteira, Zhang foi o único sobrevivente do desastre de sábado nas montanhas acima do Rio Amarelo, no noroeste chinês. Recuperando-se do suplício, o corredor de 29 anos contou como foi encontrado inconsciente por um pastor que o resgatou.
VÍDEO: 21 mortos em corrida de aventura na China
“Apertei SOS no meu rastreador de GPS e desmaiei”, escreveu Zhang no Weibo, um microblog semelhante ao Twitter que é popular na China.
“Fiquei inconsciente na montanha durante cerca de duas horas e meia até um pastor passar e me carregar até uma caverna. Ele fez uma fogueira e me envolveu em um edredom. E depois de cerca de uma hora, acordei”.
“Sou muito agradecido ao grande homem que me salvou, porque sem ele, eu ainda estaria lá. Nunca esquecerei a vida nova que ele me deu!”, acrescentou.
Zhang disse que, apesar da exaustão, não conseguiu dormir na noite de sábado por estar esperando notícias de seus colegas corredores.
Dos 172 participantes que partiram para a corrida de 100 quilômetros na manhã de sábado, 151 sobreviveram. A última das 21 vítimas foi encontrada morta na manhã de domingo. Dois maratonistas de elite estão entre os mortos.
Veja os vídeos mais assistidos do G1

Deixe uma resposta