Internado no Maranhão, homem infectado com a variante indiana teve piora no estado de saúde

O tripulante de navio com variante indiana do coronavírus internado no Maranhão apresentou piora em seu estado de saúde e foi intubado no sábado, 22. O quadro foi revelado pelo secretário de saúde do Estado, Carlos Eduardo Lula. Segundo ele, os demais tripulantes da embarcação que testaram positivo para Covid-19 permanecem com sintomas leves ou assintomáticos. O navio que saiu da Malásia, passou pela África do Sul e chegou em São Luis, no dia 14 de maio, com 15 infectados, seis deles com a cepa indiana. O infectologista Helio Bacha alerta que o fator local contribuiu para a expansão da variante na índia. “É o fator mais importante. É a falta de isolamento, a miséria, a falta de política que garanta a necessidade de fazermos isolamento”, explica Bacha. Após o Maranhão identificar os primeiros casos de transmissão da variante indiana, 100 pessoas que tiveram contato com os infectados foram monitoradas e testadas.

*Com informações do repórter Vinicius Moura

Deixe uma resposta