Cláudio Castro deve promover mudanças no secretariado do Rio de Janeiro

O agora governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, que foi empossado no último sábado, 1º, na Assembleia Legislativa do Rio, deve promover mudanças no secretariado e criar novas pastas ao longo dos próximos dias. Entre os que estão ameaçados está o secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves. No entanto, muitos dentro do governo acham que seria um equívoco tirá-lo em um momento de melhora da situação da pandemia. E também há possíveis mudanças na pasta da Fazenda, capitaneada pelo economista Guilherme Mercês. Porém, a saída dele encontra resistência dentro do governo.

De acordo com fontes da Jovem Pan, pelo menos duas pastas estão efetivamente bastante ameaçadas — a de Infraestrutura, comandada por Bruno Reis, e a do Desenvolvimento, de Leo Soares. A perspectiva é de que haja mudanças nessas duas secretarias e novas pastas sejam criadas para, inclusive, contemplar aliados políticos de Cláudio Castro. Um pasta de Empreendedorismo deve ser construída pelo novo governador. Cláudio Castro já começa, aos poucos, a trilhar o caminho rumo à reeleição em 2022. Ele quer apoio político local, o que já tem do governo federal.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

%d blogueiros gostam disto: