Incêndio em ala para pacientes de Covid-19 de hospital na Índia mata 18 pessoas

É o segundo incêndio em um hospital que trata de pacientes de Covid-19. De acordo com a polícia, um curto-circuito elétrico causou o fogo. Imagem de ala de hospital atingida por incêndio na cidade de Bharuch, em 1º de maio de 2021
Reprodução/Reuters
Ao menos 18 pessoas morreram em um incêndio na sexta-feira (30) à noite em um hospital na cidade de Bharuch, na Índia onde pacientes com Covid-19 eram tratados. Duas pessoas eram profissionais da saúde.
O fogo começou por volta da meia-noite.
Incêndio em hospital para Covid mata enfermeiras e pacientes na Índia
LEIA TAMBÉM:
Índia registra novo recorde mundial com mais de 400 mil casos de Covid em 24 horas
Saiba por que infecções pelo coronavírus explodiram na Índia
Entenda por que a tragédia no país ameaça o mundo todo
3 efeitos para o Brasil do descontrole da pandemia na Índia
Segundo o superintendente da polícia da cidade, R.V. Chudasama, das 18 vítimas, 12 morreram por causa do fogo e da fumaça.
“As investigações iniciais mostram que o fogo foi causado por um curto-circuito”, disse Chudasama.
Imagens de redes de TV locais mostram que a ala foi completamente destruída.
“Houve muito caso por causa da escala do fogo. A equipe hospitalar tirou meus familiares da ala e nós os levamos de carro a um outro hospital”, disse Parth Gandhi, que tem dois parentes com Covid-19 que escaparam do incêndio.
O primeiro-ministro Narendra Modi afirmou, em uma rede social, que ele sentia a dor da perda das vidas por causa do incêndio.
O sistema de saúde da Índia tem tido dificuldades para combater a crise de coronavírus, que matou mais de 210 mil pessoas e já infectou cerca de 19 milhões de pessoas no país.
No dia 23 de abril, 12 pessoas morreram em um outro hospital onde pacientes de Covid-19 eram tratados, em um subúrbio da cidade de Mumbai.
Veja os vídeos mais assistidos do G1

%d blogueiros gostam disto: