São Paulo supera marca de 80 mil mortes causadas pela Covid-19

O Estado de São Paulo ultrapassou a marca de 80 mil mortes causadas pela Covid-19. O total foi atingido nesta quinta-feira, 8, quando foram registradas 1.299 novas vítimas fatais da doença, o que elevou o total de óbitos contabilizados desde o início da pandemia para 80.742. No mesmo período, foram registrados 21.004 novos casos de Covid-19, o que aumentou o total de infectados pelo novo coronavírus para 2.597.366. Os dados foram divulgados pelo Governo do Estado e são referentes à atualização realizada às 16h desta quinta. Do total de infectados, 2.225.584 já estão recuperados. No Estado, 28.147 pessoas estão internadas em estado grave, sendo 12.681 em leitos de UTI e outras 15.466 em enfermaria. Apesar de alto, o número mostra uma queda de 484 pessoas em relação a quarta-feira, o que mantém a tendência de queda. A taxa de ocupação de UTI no Estado se manteve em 88,6% enquanto que na Grande SP o índice é de 88%, sendo os menores de abril até o momento.

Por conta da situação da pandemia, a Fase Emergencial do Plano São Paulo seguirá até o dia 11 de abril, permitindo apenas o funcionamento de atividades consideradas essenciais para evitar a sobrecarga da rede de saúde e frear o avanço da doença, com a diminuição de casos, internações e mortes por Covid-19. Segundo dados do Governo, o índice de isolamento social está em 44% no Estado, caindo para 42% na capital. A cidade de São Joaquim da Barra detém o maior índice, com 64% da população respeitando as restrições.

%d blogueiros gostam disto: