‘BBB 21’: Mãe de João Luiz explica por que ele travou diante de uma atitude racista

Lucilene, mãe de João Luiz, está contente com a participação do filho no “BBB 21” e, no “Encontro” desta quarta-feira, 7, ela explicou por que o professor não conseguiu reagir de imediato ao comentário de Rodolffo sobre seu cabelo. “A gente [a família] passou por várias situações bem tristes e, conforme ele foi crescendo, a gente foi conversando com ele para prepará-lo para os problemas de fora.” Com isso, João cresceu compartilhando seus problemas em casa e, segundo a mãe, ele sempre gostou de agir após ouvir os conselhos dos pais. “Aquele bloqueio que ele teve é porque ele não sabia o acolhimento que ele teria na casa. Ele precisava primeiro conversar porque ele sempre teve a gente [para ouvi-lo]”, comentou Lucilene, que acredita que Camilla de Lucas acabou fazendo o papel de conselheira do professor.

A saída de Rodolffo da casa mais vigiada do Brasil foi motivada pela atitude racista que teve com o João e, mesmo tendo isso em mente, Lucilene não quis fazer nenhum tipo de julgamento. “Essa eliminação foi consequência do que aconteceu, agora cabe a cada um analisar o que levou isso a acontecer. Não cabe a mim julgar.” Lucilene também falou que o filho não é rancoroso e que ele foi verdadeiro com o cantor sertanejo. “João não é um menino de guardar mágoas, sei que o que aconteceu magoou ele, mas sei que o abraço [que ele deu no Rodolffo] foi sincero.” Durante o papo com Fátima Bernardes, a mãe de João também relembrou como foi que ficou sabendo que o filho ia participar do “BBB 21”. “A gente se fala todos os dias e nesse dia eu liguei e ele não atendeu, imaginei que ele tinha pegado Covid-19 e não queria me contar.” Preocupada com o filho, ela mandou uma mensagem dizendo que se ele não a atendesse, ela iria até a casa dele. Foi então que o professor acabou contando, pois a mãe mora a cerca de seis horas de distância da sua casa.

%d blogueiros gostam disto: