FMI eleva projeção de PIB mundial e estima crescimento de 3,7% para o Brasil em 2021

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou, nesta terça-feira, 6, suas projeções para a economia global em 2021 e 2022. Com aceleração na vacinação contra a Covid-19 que deve ocorrer no segundo semestre e com o apoio fiscal de algumas grandes economias, o fundo espera recuperação mais forte da economia do que previsto em janeiro. Agora, o FMI estima que o Produto Interno Bruto (PIB) do globo cresça 6% neste ano, ante expectativa de 5,5% registrada anteriormente. Já para 2022, a projeção é avanço de 4,4%. Para o Brasil, a revisão também foi positiva. A entidade espera que o PIB do país chegue a 3,7% neste ano, ante estimativa de 3,6% na edição passada do “Perspectivas da Economia Mundial” (WEO). Para 2022, a previsão ficou em 2,6%.

Apesar da revisão positiva, a recuperação do Brasil deve ser menor do que as dos seus pares. O levantamento projeta alta de 4,4% para os países emergentes em 2021, e 3,9% no próximo ano. Já para a região da América Latina e Caribe, a alta deve chegar a 4,6% neste ano, e 3,1% em 2022. “Graças à recuperação global do setor de manufaturas no segundo semestre de 2020, o crescimento superou as expectativas em alguns grandes países exportadores da região (por exemplo, Argentina, Brasil, Peru)”, diz relatório. Segundo o WEO, a Índia é o país que mais deve crescer em 2021, com avanço de 12,5%. A previsão de crescimento para a China é de 8,4%, enquanto a dos Estados Unidos é de 6,4%. “Os Estados Unidos devem retornar aos níveis de atividade do final de 2019 na primeira metade de 2021 e o Japão deve retomar os índices no segundo semestre”, aponta o fundo.

%d blogueiros gostam disto: