MP faz recontagem e contabiliza apreensão de R$ 6 milhões na casa de ex-secretário de Saúde do Rio

O Ministério Público do Rio de Janeiro havia encontrado ao menos R$ 5 milhões em espécie na casa de Edmar Santos, ex-secretário estadual de Saúde, investigado por desvios na compra de respiradores.

No entanto, após nova recontagem feita pelos promotores, o total saltou para R$ 6 milhões, uma das maiores apreensão em dinheiro vivo no Rio.

O ex-secretário foi preso na última sexta-feira (10) em desdobramento da “Operação Mercadores do Caos”. Além do dinheiro apreendido, a Justiça bloqueou R$ 36,9 milhões para reparar os cofres públicos.

%d blogueiros gostam disto: