“Com a chegada dos militares, o ministério da Saúde perdeu a credibilidade”, criticou Mandetta

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, voltou a criticar a política de combate ao avanço da pandemia coordenada pelo governo do presidente, Jair Bolsonaor.

Durante debate virtual promovido pela Isto É, Mandetta avaliou neste sábado (11) que o Ministério da Saúde perdeu a credibilidade com a chegada do general, Eduardo Pazuello.

“Na nossa sucessão vieram os militares. A primeira coisa que eles fizeram foi não mais mostrar os números às 17h, não mostrar nada”, criticou.

O ex-ministro revelou ainda que uma segunda onda da covid-19 vai atingir em cheio as regiões Sul e Centro-Oeste.

“O Ministério da Saúde perdeu a credibilidade e não tem mais credibilidade para vir a público falar. Os números lamentavelmente estão onde estão e ainda estamos começando [a pandemia] na região Sul. Temos o Centro-Oeste, que ainda não aconteceu, e ainda vamos ver essas segundas ondas.”

%d blogueiros gostam disto: