Ex-secretário de Saúde do Rio é alvo de operação do MP; Edmar foi preso em Itaipava

Por Luciana Xavier

São Paulo, 10 (AE) – O ex-secretário de Saúde Edmar Santos do Rio de Janeiro foi preso manhã desta sexta-feira (10) em Itaipava, na região serrana do Rio, onde tem uma casa, em operação do Ministério Público do Rio de Janeiro, segundo GloboNews e G1. Ele é investigado por suspeitas de irregularidades nos contratos de Saúde do RJ durante a pandemia de Covid-19. A ação é um desdobramento da Operação Mercadores do Caos.

Há suspeitas de fraudes, inclusive já apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado, em alguns contratos firmados sem licitação, entre eles, o de compra de respiradores, oxímetros e medicamentos e o de contratação de leitos privados. O governo do Rio gastou R$ 1 bilhão para fechar contratos emergenciais.

%d blogueiros gostam disto: