“É uma contribuição do Flamengo ao futebol”, diz vice sobre MP dos direitos de TV

Ao negociar e conseguir com o governo Bolsonaro a publicação da Medida Provisória 984, que permite agora aos clubes vender os direitos de transmissão dos seus jogos quando forem os mandantes das partidas sem mais ter contrato com a mesma emissora do adversário, o Flamengo quer dar um “salto para o futuro”, segundo o vice-presidente de Relações Externas, Luiz Eduardo Baptista, mais conhecido como Bap.

“Hoje estamos presos a paradigmas do passado”, disse o dirigente, sem se importar com as críticas dos rivais de que o MP foi editada quase que exclusivamente para beneficiar o clube rubro-negro. “Dizer que esse assunto não estava sendo discutido antes da MP é uma mentira descarada”, atacou.

%d blogueiros gostam disto: