Renato Aragão deixa a TV Globo após 44 anos: ‘É uma sensação de liberdade’

“É uma sensação de liberdade profissional pois agora, além da Globo, terei outras opções de trabalho”, disse Renato Aragão ao Estadão, nesta terça-feira, 30, sobre seu desligamento com a emissora carioca depois de 44 anos de contrato ininterrupto. O mais recente venceu no dia 30 de junho e, como já fez com outros artistas (Miguel Falabella, Aguinaldo Silva, Vera Fischer, entre outros), a Globo não deu continuidade, preferindo contratos para trabalhos específicos. “A vida é surpreendente, pois agora tenho um campo aberto”, conta Aragão, criador do personagem Didi Mocó e do grupo Os Trapalhões. “Uma das vantagens será a possibilidade de exibir meus filmes em outros meios – não fazia isso por respeito à Globo.” Ele também conta que já negocia novas oportunidades de trabalho, tanto com a própria emissora como com outras empresas, embora ainda possa revelar. “Renato é amigo da Globo, mas era inevitável que isso acontecesse em vista da situação do momento”, completou Lilian Aragão, companheira na vida e na arte do comediante.

%d blogueiros gostam disto: