Clientes compram automóveis pela internet

Aos poucos, as concessionárias vão reabrindo as portas em diversas cidades, como São Paulo. Mas, por causa da pandemia e do isolamento social, uma parcela dos clientes migrou para as compras na internet e ao sistema de entrega domiciliar. E isso vale até para bens de valor elevado, como automóveis. Por isso, diversas fabricantes investiram em processos de vendas online.

De acordo com dados da pesquisa feita pelo instituto Capgemini, 46% dos entrevistados afirmaram que pretendem minimizar a visita às lojas para comparar ofertas. Eles também disseram que a intenção é usar principalmente canais online para pesquisa e compra.

Foi o que fez a médica Anelis de Souza Martins Freitas. Ela conta que realizou todos os trâmites da aquisição de seu Hyundai HB20S de forma remota.

Depois de fazer uma pesquisa inicial na internet, ela entrou em contato com a concessionária e passou a se comunicar com o vendedor via WhatsApp. Anelis diz que recebeu todas as informações referentes a preços, versões e equipamentos.

Ela recebeu o veículo escolhido para test drive em casa e decidiu fechar o negócio. A assinatura do contrato também foi feita de forma digital e, uma semana após o início de todo o processo, o carro novo foi entregue no endereço escolhido por Anelis.

A nova modalidade de venda acaba de ser lançada pela marca. Batizada de Hyundai Express, o canal digital é para negociação das linhas HB20 e Creta, que engloba seis etapas do processo de compra. Tudo começa pela configuração do veículo no site, passa pelo atendimento do vendedor por aplicativo de mensagem com videochamadas, agendamento de test drive em domicílio, avaliação online do usado que entrará na troca, simulação de financiamento e entrega do carro em casa.

A Chevrolet informa que, na comparação com o período anterior à pandemia, o interesse de consumidores que atualmente aceitam realizar todo o processo de compra online triplicou. A marca mantém uma loja virtual no Mercado Livre.

Além de uma loja virtual no mesmo site, a BMW lançou nesta semana um canal de vendas pelo Facebook, com a chegada do BMW X5 M50i ao Brasil (mais informações na próxima página). Segundo o responsável pelo marketing da BMW do Brasil, Jorge Junior, “estar presente em novas plataformas representa a evolução do comportamento de consumo digital, já que todos estão cada vez mais conectados”. A marca tem adicionalmente loja no Instagram.

A Mercedes-Benz estreou no dia 8 deste mês sua loja no Instagram De acordo com o gerente sênior de vendas de automóveis da empresa no Brasil, Dirlei Dias, “as redes sociais têm sido um espaço além da distração neste momento, e estamos prontos para atender a este novo formato de mercado”.

Por ora, o novo canal de vendas da marca alemã oferece três modelos: o sedã C 180 nas versões Avantgarde e Exclusive (ambos a partir de R$ 169.900) e o SUV GLA 200 Advance (a partir de R$ 179.900). Para acessar a loja virtual e conhecer os produtos, basta visitar o perfil da Mercedes-Benz no Instagram @mercedesbenzbrasil e navegar a partir da função “ver loja”.

%d blogueiros gostam disto: