Após divulgação de vídeo, advogados de Bolsonaro vão pedir suspeição de Celso de Mello do STF.

Fontes do Palácio do Alvorada revelaram ao BLOGDOMAK, nesta segunda-feira (25), estratégia dos advogados de defesa do presidente, Jair Bolsonaro (Aliança). A banca jurídica dele deve pedir a suspeição do ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, relator do caso que apura suposta interferência política de Bolsonaro na Polícia Federal. A denúncia foi feita pelo ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, ao deixar o cargo em 24 de abril.

Segundo as mesmas fontes, os advogados de Bolsonaro vão alegar que ao levantar o sigilo do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, onde Bolsonaro, segundo Moro, ameaçou interferir politicamente na PF, Celso de Mello “teria abusado da autoridade”, tornando público assuntos de interesses internos do Governo Federal.

Comentário meu: Perda de tempo. Está na cara de todos que o procurador-geral da República, Augusto Aras, vai arquivar a investigação acerca de suposta interferência do presidente da República, Jair Bolsonaro (Aliança), na Polícia Federal. Em novembro próximo, o próprio ministro do STF, Celso de Mello, vai se aposentar ao completar 75 anos. De olho na cobiçada vaga, a ser indicada pelo PR (Bolsonaro), Aras não vai nem a pau se desgastar com o Planalto.

Decano Celso de Mello vai deixar Suprema Corte, em novembro, ao completar 75 anos.
%d blogueiros gostam disto: